25.6.09

Andrés Escobar teria 42 anos, nesta altura. Contudo, um momento infeliz na fase final do Campeonato do Mundo de 1994 precipitou a sua morte abrupta. Dez dias depois de marcar um autogolo, no jogo entre a Colômbia e os Estados Unidos da América, o defesa foi encontrado sem vida.

As notícias em torno do homicídio de Escobar apresentam contornos pouco claros, mas poucos escapam à alusão desse autogolo. A 22 de Junho de 1994, a Colômbia viu-se arredada do Mundial devido a esse golo na própria baliza. A 2 de Julho, à porta do bar El Índio, em Medellin, gritava-se golo enquanto o corpo de Escobar era cravejado por doze balas.

Humberto Muñoz Castro, que trabalhava como segurança, foi julgado pelo crime e punido com 43 anos de prisão. Mais tarde, a pena foi reduzida para 26 anos. Entre protestos e lamentos, o homicida viria a ser libertado em 2005, apenas 11 anos após a morte de Escobar. A Colômbia continua em choque.

Recorde o golo trágico:

 

link do postPor vejaepensenisto, às 00:22  comentar

 
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
17
18
19

21
23
24
26
27

28
30


blogs SAPO