7.9.10

link do postPor vejaepensenisto, às 23:46  comentar

Você conhece o ditado “Quem não tem cão caça com gato.” ou “Cão que ladra não morde”? Poizé, existe um vídeo no youtube com quase 300 mil acessos que é prova disso e desmoraliza todo preconceito em cima dos pobres cães considerados de raça “perigosa”. A desinformação é tanta que tem até dono de rottweiler dizendo que a raça é “traiçoeira”. Os cães que vemos atacando donos e crianças, são “Rott Latas”, ou seja, cães que desde cedo são incitados à agressividade e geralmente sofrem maltratos. Vejam que animal mais dócil e inofensivo.

Fonte: www.noticiasbizarras.com.br
link do postPor vejaepensenisto, às 22:21  comentar

O ataque de Mark Kane, de 19 anos, ao gato foi filmado em um telefone celular. O vídeo foi enviado à Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade aos Animais (RSPCA, na sigla em inglês), que denunciou Kane à Justiça.

Durante o processo, o adolescente admitiu provocar sofrimento desnecessário no animal.

Ele foi condenado a uma pena condicional de três meses de prisão, suspensa por dois anos, além da proibição à criação de animais por dez anos.

Kane também foi condenado a pagar uma multa de 100 libras (cerca de R$ 300) para cobrir os custos do processo. O adolescente havia roubado o gato de um amigo de sua namorada.

No vídeo enviado pela RSPCA à Justiça, ele aparece colocando o gato em uma bolsa, inalando maconha de um cachimbo improvisado e depois soprando a fumaça dentro do saco onde estava o gato. Ele então fecha o saco e o gira como a um laço de caubói.

O gato sobreviveu ao ataque, mas fugiu e não foi mais encontrado. O promotor Clive McKeag descreveu o ataque como “sádico e mal intencionado”.

 

 

Fonte: BBC Brasil

link do postPor vejaepensenisto, às 22:18  comentar

Uma mulher que foi filmada no momento em que atraia e prendia um gato dentro de uma lixeira será investigada e interrogada, anunciaram autoridades britânicas, após a divulgação do vídeo incriminador na internet.

O filme de 20 segundos mostra uma mulher de cabelos brancos parando em uma rua de Convetry (centro da Inglaterra) para acariciar um gato com menos de um ano. Ela olha em seguida para a lata de lixo, vê ao redor se há alguém por perto, depois abre a tampa lixeira, agarra o gato e o joga dentro, deixando o local rapidamente.

A Sociedade Real Britânica de Proteção aos Animais (RSPCA) conseguiu identificar a mulher com a ajuda da polícia e se prepara para interrogá-la.

“A RSPCA conduz uma investigação sobre o incidente”, informou uma porta-voz da organização.

“A polícia de Coventry apoia a investigação e pede a população que deixe que as autoridades tratem do assunto”, precisou, após a difusão do vídeo provocar uma onda de indignação.

Lola, a gata, ficou presa na lixeira de plástico por 15 horas. Seus proprietários Darryl e Stephanie Mann descobriram o que havia acontecido com o animal após assistir ao registro da câmera de vídeo instalada em frente à casa.

“Não sei o que passou na cabeça desta mulher, mas é repugnante e isto cortou o coração da minha filha de oito anos”, declarou Stephanie Mann citada pelo jornal local Convetry Telegraph.

O casal decidiu divulgar o vídeo na internet para encontrar a culpada.

Assista ao vídeo no youtube:

 


link do postPor vejaepensenisto, às 22:12  comentar

A norte-americana Betty Lou Harris, de 40 anos, foi presa no mês passado em Cedar Rapids, no estado de Iowa (EUA), pela 106ª vez.

No último incidente, no dia 12 de agosto, a mulher foi detida acusada de prostituição. Apesar da longa ficha policial, essa foi a primeira que vez ela foi presa por tal crime.

Ela foi levada para cadeia depois que um policial relatou que a mulher ofereceu sexo em troca de dinheiro.

O policial estava passando por uma rua por volta das 23h, quando Betty gritou para ele de uma varanda. Quando agente parou o veículo, ela se aproximou e ofereceu sexo em troca de dinheiro.

link do postPor vejaepensenisto, às 22:10  comentar

 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
13
14
16
18

20
24
25

26
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO